domingo, 11 de junho de 2017

O Dia do Robô


Leio em algum lugar alguém dizer que em breve o sexo (“gender”, gênero) nas Cédulas de Identidade, Carteiras Profissionais, Certidões e afins não mais será registrado conforme as características físicas do/da indivíduo/indivídua, mas sim conforme a Pessoa “se sente”.

Assim, Cabra com corpitcho de Homi mas que se sinta Mulé, vai poder registrar esta opção como gender em sua carteira de identidade.

Embora isto me soe um absurdo racional – se o registro é de identificação, então ele se refere às características físicas, e não ao estado de espírito – isto descortina para mim uma possibilidade maravilhosa.

Sempre soube que sou um Robô nascido em corpo de Macaco, e terei finalmente a oportunidade de oficializá-lo. É uma questão de Justiça: afinal, se uma Mulher em corpo de Homem pode se registrar como Mulher, porquê um Robô em corpo de Macaco não poderia se registrar como Robô?

Quem disse que Robô
não fica triste?
Tenho Orgulho de ser Robô!

Fica assim estabelecido 16 de Junho como o “Dia Internacional do Robô” (International Robot Day), ou então o “Dia do Orgulho Robótico” (Robotic Proud Day), em homenagem ao primeiro Robô (1956) com consciência de sua situação e assumido como tal.

Aguardo minha Carteira de Identidade.

Aguardo os parabéns em 16 de Junho.

E não são pelo Aniversário!


(Lagoa / RJ, 01/jun/1956+61)

Nenhum comentário:

Postar um comentário