sábado, 12 de janeiro de 2019

O Professor Particular


Lola Mary conta esta história para todo mundo, e às gargalhadas acrescenta:
- “Nada era mais a cara do Seymour do que esta história!”

Por volta dos 16 anos de idade, Seymour foi convidado a dar aulas particulares de Matemática a sua prima Lola Mary.

Lá foi ele, e se acomodaram no enorme Escritório do Pai dela (seu Tio).

Ela conta que não entendia nada de Matemática, e que por mais que ele pacientemente se esforçasse, nada adiantava.

Ao final da primeira Aula, ele falou:
- “Não se preocupe, as coisas irão assentar em sua cabeça, e na próxima Aula você compreenderá melhor.”

Chegou a segunda Aula, e ela continuava a não entender nada. Até que a alturas tantas, ele saiu do quarto e foi falar com a Mãe dela:

- “Tia Mirian, sinto muito, mas eu não posso dar aulas a Lola Mary.”

- “Mas porquê, Seymour, vocês pareciam estar indo tão bem?...”

- “Eu simplesmente não consigo ensinar o óbvio!!!”


Creio ter sido esta a grande dificuldade de Seymour, sempre.
Tudo para ele era tão óbvio, e ninguém entendia.

(Ipanema, 20190111)

Nenhum comentário:

Postar um comentário