segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Made in Brazil (1 de 2): “Jack o Estripador” ao vivo (1976)

A capa de "Jack", ao vivo!

Nos anos de 1976 e 1977 o MADE IN BRAZIL fez alguns dos melhores shows que este País já assistiu.

Com uma formação primorosa, capitaneada pelos “Rocker Twins” Oswaldo e Celso Vecchione, com o vocal nada menos do que espetacular de Percy Weiss, e a reboque do sensacional disco “Jack o Estripador”, o MADE era um “blend” com o melhor de AEROSMITH e STONES no cenário nacional.

Havia uma sempre penca de convidados no palco, e a bebida oficial era a champanhe, que rolava solta. Com 22 anos de idade, fui exposto sem vaselina a gigs que me marcaram tão indelevelmente que até hoje bebo champanhe em quantidades industriais, ouço aqueles discos e principalmente admiro aqueles caras. Todos.

Atendendo a pedido do Brother Glauco – o mais bem guardado segredo da guitarra no Brasil – publico aqui algumas entre as muitas fotos tiradas naqueles eventos. Elas estão bastante deterioradas, afinal são 38 anos desde a revelação – mas uma vez que disponho dos originais, vou digitalizá-los.

Neste show de 1976 no Teatro Teresa Rachel, excursão do disco “Jack o Estripador”, algumas presenças se deliciaram tanto quanto – ou mesmo mais do que – a platéia: Ezequiel Neves, Lucia Turnbull, Roberto de Carvalho e Ney Matogrosso.

GREAT gigs, guys!


Roberto de Carvalho e Ney.


Oswaldo e Lucia.


"Usando a lâmina de seu punhal..."




Ezequiel, Ney e Lucia.
Roberto de Carvalho.


3 comentários:

  1. Respostas
    1. Caro Leandro,
      tenho foto até dos caras só de cuecas no camarim!

      Excluir
  2. Fala Marcio,
    Espero que esteja tudo bem com você. Não vai acreditar, mas eu conheço o Celso e o Oswaldo do Made in Brazil. Os meus pais eram amigos dos pais deles. Mundo pequeno. kkkk
    Abração.

    ResponderExcluir