quarta-feira, 25 de abril de 2012

Belated Birthday


Sou partidário de parabenizar pelo aniversário no dia seguinte à data.

Você realmente acredita que certas empresas liberam seus funcionários no dia do aniversário por “bondade”? Tolinho!!!

O aniversariante passa seu dia ensandecido recebendo telefonemas, visitas, abraços, confortos e afagos. Não consegue prestar atenção decente a absolutamente nada, vive um turbilhão. É exatamente por isto que muitas empresas liberam o aniversariante: não por bondade, pelo contrário – já sabendo que ele será um completo inútil nesta data, ao menos salvam a produtividade dos demais!

Já o dia seguinte é o oposto: passado o fuzuê, a pessoa é abandonada, esquecida e ignorada. A agitação da véspera se esvanece em fumaça... e o ex-aniversariante também. É a ressaca de seus 15 minutos de fama.

imagem de: gracomonline 
Daí... chega um telefonema de parabéns atrasado. Delícia! Você ainda é importante, afinal! Pode então conversar com calma, ouvir o interlocutor com atenção e prestar atenção no que fala sem se preocupar com cem mil outras coisas em paralelo. Um diálogo exclusivo entre o parabenizado e o atrasado, e mais nada. E o outro ainda se desculpa! Pelo contrário, o aniversariante é que deveria agradecer...

Portanto, não peça desculpas se eventualmente vier a me telefonar no dia seguinte a meu aniversário. Igualmente, quando eu te ligar para dar os parabéns no dia seguinte ao seu aniversário também não vou te pedir desculpas – você é quem deve me agradecer. E principalmente não estranhe se ao te ligar no dia seguinte eu der esta explicação toda: não é uma desculpa, é só a verdade.

Ou ao menos, “se non è vero, è ben trovato”!


(Nota - o grande risco deste raciocínio é você perder a Festa...)


(ago/2011)

Nenhum comentário:

Postar um comentário